Encontre psicanalistas membros e membros filiados

Sobre a Biblioteca

A Biblioteca Virgínia Leone Bicudo iniciou suas atividades em junho de 1977. Especializada em Psicanálise e assuntos correlatos atende, prioritariamente, aos Membros da SBPSP e Membros Filiados ao Instituto de Psicanálise Durval Marcondes da SBPSP. Usuários externos podem consultar a Biblioteca no local ou On-Line.

A Base de Dados PSIQUE – implantada a partir de novembro de  1989, inclui 103.137 registros, indexados analiticamente, dos documentos do acervo: Livros, Periódicos, Anais, Teses, Separatas, etc.

Em 2005 tornou-se Centro Cooperante da ReBAP (Rede Brasileira de Bibliotecas da Área de Psicologia)  responsabilizando-se pela indexação on-line, na Base de Dados INDEXPSI, do Jornal de Psicanálise – publicação do Instituto de Psicanálise.

Em 2019 a biblioteca adquiriu a licença de utilização do software “Sophia”, em substituição ao nosso primeiro software o “Winisis”, com o intuito de otimizar o trabalho e disponibilizar ao usuário produtos e serviços de forma mais dinâmica.

Horários de Atendimento

  • Membros da SBPSP e Membros Filiados ao Instituto de Psicanálise Durval Marcondes da SBPSP
    De 2ªf à 6ªf – das 8:30h às 17:00h.
  • Usuários Externos
    4 ªf e 5 ªf – das 8:30h às 17:00h.

Regulamento

Empréstimo – Restrito aos Membros e Membros filiados ao Instituto de Psicanálise Durval Marcondes da SBPSP

Não serão emprestados livros que estejam sendo utilizados para Cursos e Seminários, periódicos e livros de referência.

Prazo: 15 dias com possibilidade de renovação

Livros em atraso: será cobrada multa no valor de R$10,00 por mês/por livro.

Após 6 meses, será cobrado o valor do livro.

Em caso de perda ou dano o usuário deverá substituir o livro por um título igual ou equivalente.

Livros não são enviados pelo Correio

Novidades

Conteúdo desatualizado devido ao fechamento da sede em decorrência da pandemia da Covid-19

Novos Títulos

Livros Compras
  • FREUD, Sigmund; BREUER, Josef. Estudos sobre a histeria: 1893-1895. Laura Barreto. São Paulo: Companhia das Letras, 2019. v. 2 . 442 p. (Obras Completas, 2). SUMÁRIO
  • FREUD, Sigmund. A interpretação dos sonhos: 1900. Tradução de Paulo César Lima de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2019. v. 4 . 729 p. (Obras Completas, 4). SUMÁRIO
  • LÓPEZ-CORVO, Rafael E; MORABITO, Lucía (ed.). El seminario de Wilfred Bion en París: julio de 1978. Buenos Aires: Biebel, 2018. 239 p. SUMÁRIO
Doações
  • SHAKESPEARE: paixões e psicanalise. Organização de Heloisa Helena Sitrângulo Ditolvo. São Paulo: Blucher, 2019. 219 p. SUMÁRIO
  • KARNIOL, Isac Germano; KARNIOL, Patricia S. Lopes. Palimpsesto mágico. São Paulo: Zagodoni, 2019. 176 p. SUMÁRIO
  • FRANÇA, João Baptista Ferreira. As bordas do inconsciente – O eu e o outro: representação e parcerias. 2018. 109 p. São Paulo. SUMÁRIO
Periódicos
  • International Journal of Psychoanalysis, v. 100, n. 1, 2019. SUMÁRIO
  • International Journal of Psychoanalysis, v. 100, n. 2, 2019. SUMÁRIO
  • International Journal of Psychoanalysis, v. 100, n. 3, 2019. SUMÁRIO
  • International Journal of Psychoanalysis, v. 100, n. 4, 2019. SUMÁRIO
  • Livro anual de psicanálise, v. 33, n. 2, 2019. SUMÁRIO
  • Revista de Psicanálise da Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre, v. 23, n. 1, 2016. SUMÁRIO
  • Revista de Psicanálise da Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre, v. 23, n. 2, 2016. SUMÁRIO
  • Revista de Psicanálise da Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre, v. 23, n. 3, 2016. SUMÁRIO
  • Revista de Psicanálise da Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre, v. 26, n. 1, 2019. SUMÁRIO
  • Revista de Psicanálise da Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre, v. 26, n. 2, 2019. SUMÁRIO
  • Jornal de Psicanálise, v. 52, n. 96, 2019. SUMÁRIO
  • Revista Portuguesa de Psicanálise, v. 37, n. 1, 2017. SUMÁRIO
  • Revista Portuguesa de Psicanálise, v. 37, n. 2, 2017. SUMÁRIO
  • Revista Portuguesa de Psicanálise, v. 38, n. 1, 2018. SUMÁRIO
  • Percurso: Revista de Psicanálise, v. 29, n. 58, 2017. SUMÁRIO
  • Percurso: Revista de Psicanálise, v. 30, n. 59, 2017. SUMÁRIO
  • Revista Multiverso, v. 1, 2018. SUMÁRIO
  • Revista Multiverso, v. 2, 2019. SUMÁRIO
  • Calibán: Revista Latino-Americana de Psicanálise, v. 16, n. 1, 2018. SUMÁRIO
  • Calibán: Revista Latino-Americana de Psicanálise, v. 16, n. 2, 2018. SUMÁRIO
  • Calibán: Revista Latino-Americana de Psicanálise, v. 17, n. 1, 2018. SUMÁRIO

Novos Títulos

 

Livros Compras
  • BOLLAS, Christopher. Meaning and melancholia: life in the age of bewilderment. London: Routledge, 2018. 142 p. SUMÁRIO
  • ARMONY, Nahman. Borderline: uma outra normalidade. Rio de Janeiro: Revinter, 2010. 275 p. SUMÁRIO 
  • PERELBERG, Rosine Jozef. Sexuality, excess, and representation: a psychoanalytic clinical and theoretical perspective. London: Routledge, 2020. 204 p. SUMÁRIO
  • SIGMAN, Mariano. The secret life of the mind: how your brain thinks, feels, and decides. New York: Little, Brown and Company, 2017. 277 p. SUMÁRIO
  • EKIRCH, A. Roger. At day’s close: night in times past. New York: W. W. Norton & Company, 2005. 447 p. SUMÁRIO
  • RIBEIRO, Sidarta. O oráculo da noite: a história e a ciência do sonho. São Paulo: Companhia das Letras, 2019. 459 p. SUMÁRIO
Periódicos
  • Estudos de Psicanálise, n. 51, 2019. SUMÁRIO
  • Ide: psicanálise e cultura, v. 40, n. 66, 2018. SUMÁRIO
  • Boletim Formação em Psicanálise, v. 27, 2019. SUMÁRIO
  • The Psychoanalytic Quarterly, v. 86, n. 1, 2017. SUMÁRIO
  • The Psychoanalytic Quarterly, v. 86, n. 2, 2017. SUMÁRIO
  • The Psychoanalytic Quarterly, v. 86, n. 3, 2017. SUMÁRIO
  • The Psychoanalytic Quarterly, v. 86, n. 4, 2017. SUMÁRIO
  • Contemporary Psychoanalysis, v. 54, n. 1, 2018. SUMÁRIO
  • Contemporary Psychoanalysis, v. 54, n. 2, 2018. SUMÁRIO
  • Contemporary Psychoanalysis, v. 54, n. 3, 2018. SUMÁRIO
  • Contemporary Psychoanalysis, v. 54, n. 4, 2018. SUMÁRIO
  • Contemporary Psychoanalysis, v. 55, n. 1-2, 2019. SUMÁRIO
  • Contemporary Psychoanalysis, v. 55, n. 3, 2019. SUMÁRIO

Pesquisa

Centro de Documentação e Memória

Centro de Documentação e Memória Maria Ângela Gomes Moretzsohn

da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo

 

Neste ano, estamos comemorando os setenta anos de nossa Instituição. O acervo do Centro de Documentação e Memória da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo vem se desenvolvendo ao longo de sucessivas diretorias com o compromisso ético de preservação de nossa história.

Seu início se deu na década de 2000, quando a então Divisão de Documentação e Pesquisa da História da Psicanálise tomou uma atitude decisiva ao dar apoio à curadoria responsável pela exposição “Brasil, Psicanálise e Modernismo”, paralela à mostra “Freud, Conflito e Cultura”.

A mostra estimulou a curiosidade e promoveu ampla investigação a respeito da entrada das primeiras ideias psicanalíticas em São Paulo e, consequentemente, no Brasil. O sucesso de público e crítica apenas chancelou o que a Sociedade já esboçava: a necessidade de um espaço que guardasse a documentação histórica, inserida na própria história da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo.

À medida que o acervo foi se ampliando, passou a despertar interesse não apenas da comunidade que compõe a Sociedade, mas também de um público mais amplo. Surgiram assim novas demandas e a necessidade de uma administração especializada se impôs.

Em 2020, a Divisão foi reconfigurada a partir da natureza da sua documentação e de suas ações, passando a se chamar Centro de Documentação e Memória Maria Ângela Gomes Moretzsohn, em reconhecimento à sua valorosa contribuição e dedicação à consolidação do acervo.

O aumento do interesse do público em geral tem levado a SBPSP à atualização de protocolos técnicos visando atender a demanda para acesso ao nosso rico patrimônio.

Sob a nossa guarda, destacam-se os acervos pessoais dos pioneiros de nossa Sociedade bem como o próprio arquivo histórico da SBPSP. Composto de documentos textuais, iconográficos, sonoros e audiovisuais, o acervo detém também livros e objetos, tendo como elemento comum e articulador a História da Psicanálise. Assim, buscando apresentá-lo para futuros interessados, elencamos alguns dos nossos Fundos e Coleções:

Adelheid Lucy Koch

Darcy de Mendonça Uchôa

Durval Bellegarde Marcondes

Flávio Rodrigues Dias

Frank Julian Philips

Gecel Luzer Szterling

Isaías Hessel Melsohn

Judith Seixas Teixeira de Carvalho Andreucci

Lygia Alcântara do Amaral

Mário Yahn

Roberto Azevedo

Virgínia Leone Bicudo

Nessas sete décadas de existência, a Sociedade não apenas tornou-se uma referência na formação de novos psicanalistas e nos estudos da Psicanálise em São Paulo e no Brasil, como também constituiu um acervo que reflete tanto a história da própria instituição quanto de parte de seus atores, psicanalistas pioneiros que ajudaram a erigir um legado que hoje é motivo de orgulho para todos seus membros.

O acervo do CDM é um patrimônio documental valioso em vários sentidos. Mantê-lo exige dedicação, conhecimento técnico e investimento. Itens de valor incomensurável, como cartas de autoria de Freud e fotografias do pai da Psicanálise, seguem sendo adquiridas na construção de nosso acervo, atualmente sendo guardadas em embalagens modernas e seguras, desenvolvidas especialmente para nossos itens.

Além do cuidado com o acervo físico, projetos caros à nossa Sociedade seguem sendo realizados, tais como:

 – o Projeto Memória, composto por material coletado a partir de entrevistas gravadas e filmadas com alguns dos primeiros psicanalistas da nossa instituição, e que continuam sendo feitas até os dias de hoje;

 – a publicação de livros organizados a partir dos documentos de nosso acervo, como o Dear Virgínia, sobre a correspondência entre Lygia Alcântara do Amaral e Virgínia Leone Bicudo.
 
Ciente de suas responsabilidades, a SBPSP sabe que guardar sua própria história não é escondê-la em um cofre ou expô-la em uma vitrine a ser admirada apenas de longe. Pelo contrário, o sentido de um espaço de guarda da história e da memória é manter vivo, ativo e dinâmico um acervo que deve ser acessado, consultado e pesquisado, de modo que, mais do que uma ode ao passado, ele possa ser um importante lugar de reflexão para o presente e um instrumento de preparação para o futuro.
 
Carmen C. Mion
Presidente – SBPSP
 
Regina Lacorte Gianesi
Coordenadora – CDM-SBPSP
 
Yone Vittorello Castelo
Co coordenadora – CDM-SBPSP

 

Normas para Acesso

Para conhecer mais sobre nosso acervo e realizar suas pesquisas conosco, agende sua visita pelo e-mail: documenta@sbpsp.org.br

 

Informamos que em caráter extraordinário, devido à pandemia de Covid-19, as consultas presenciais estão suspensas.

Revista IDE

Revista Ide é um periódico semestral da Sociedade de Psicanálise de São Paulo desde 1975 que tem a missão de publicar artigos que permitam fortalecer a interface entre a psicanálise e a cultura. Para tal fim, aceitamos manuscritos de psicanalistas e de outros profissionais ligados a cultura e a arte que focalizem esta interlocução.

Jornal de Psicanálise

O Jornal do Instituto de Psicanálise da SBPSP é publicado desde 1966, com o objetivo de estimular e divulgar artigos de autoria de membros filiados ao Instituto, demais membros da SBPSP e autores do campo psicanalítico mais amplo, colaborando com a formação psicanalítica relacionada à escrita científica e suas peculiaridades metodológicas, intuitivas e artísticas, contando com a participação de analistas em formação em sua equipe editorial.

 

Com duas edições anuais, o Jornal de Psicanálise propõe temas relevantes ao diálogo institucional e científico, como transmissão e formação psicanalíticas, análise didática, supervisão, teoria e clínica.