Encontre psicanalistas membros e membros filiados

Eventos Nacionais e Internacionais

JORNADA DE PSICOSSOMÁTICA PSICANALÍTICA DA ESCOLA DE PARIS - DA EXCITAÇÃO À PULSÃO

JORNADA DE PSICOSSOMÁTICA PSICANALÍTICA DA ESCOLA DE PARIS
Da excitação à pulsão
 
O caminho de transformação do corpo biológico em um corpo erótico, depende essencialmente de um casamento sintônico do universo pulsional dos objetos cuidadores com o campo das excitações de origem somática do Ser cuidado. Lacunas nesses processos de transformação somatopsíquica, deixam falhas no tecido psíquico e na constituição do corpo erótico, dando às excitações somáticas livre curso e abrindo brechas à somatização. O equilíbrio psicossomático, dos primórdios e ao longo de toda vida, dependerá das possibilidades de cada um em assegurar esses processos transformacionais somatopsíquicos.
 
Freud apreendeu no corpo erótico a fala recalcada da histérica: assim nasceu a psicanálise. A psicossomática apreende no corpo somático sintomas que enviam à uma história traumática que tem por efeito a negativização das cadeias associativas psíquicas daquele que somatiza: assim nasceu a Escola de Paris de Psicossomática Psicanalítica.
 
A metapsicologia psicanalítica é assim chamada a trabalhar nas trincheiras das experiências traumáticas. O ponto de vista econômico e o da segunda teoria pulsional de Freud, alicerces do corpo teórico-clinico da psicossomática, mobilizam o conceito de excitação no seu caminho de pulsionalisação, na apreciação de suas rupturas e de seus efeitos mortíferos. Daí o título desta jornada.
 
Nosso propósito será de ressaltar através de casos clínicos a organização psíquica inerente ao desencadeamento do sofrimento plasmado no corpo, que se manifestam através de regressões somáticas como alergias, polimialgias, enxaquecas, etc... ou desorganizações somáticas graves, como câncer e doenças autoimunes, que põem a prova o homem face a sua dor e o analista, face ao seu método.
 
É no consistente estudo de conceitos como vida operatória, depressão essencial, procedimentos autocalmantes, masoquismo guardião de vida e na vivacidade da clínica da criança e do adulto, que construímos nossa jornada. Com o propósito de sensibilizar o público ao corpo teórico-clínico da psicossomática e aos remanejamentos necessários do enquadre psicanalítico no tratamento dos pacientes portadores de transtornos somáticos. De forma mais ampla, os conceitos da Escola de Paris de psicossomática representam operadores de inteligibilidade da clínica contemporânea e dos limites do analisável, aportando uma contribuição à comunidade psicanalítica em geral.
 
PROGRAMA
Dia 05/11 – Sexta-feira             
Abertura: 16h00 
Carmen C. Mion - Presidente da SBPSP.
Darcy Antônio Portolese - Diretor do Depto de Atendimento à Comunidade SBPSP - DAC
Walkiria Nunez Paulo dos Santos – Coordenadora da DAC 
Diana Tabacof – SPP, IPSO-Paris
Cândida Sé Holovko – SBPSP, IPSO-Paris  
Coordenadora: Eliana Rache, SBPSP, IPSO-Paris 
 
16h30 – Conferência de abertura
 
Claude Smadja – Membro Didata da Sociedade Psicanalítica de Paris (SPP) e do Instituto de Psicossomática Pierre Marty ( IPSO –Paris)
A pulsão, um elo que falta na evolução psicossomática 
 
Dia 06/11 - Sábado                                                                                                                     
09h00 a 10h30 :  Psicossomática da criança ao adulto, rigor e paixão: legado de Gérard Szwec
Cândida Sé Holovko – SBPSP, IPSO-Paris. Clínica do extremo: Procedimentos autocalmantes. 
Anne Maupas – SPP, IPSO-Paris. Como nascem as fantasias? Um caso de eczema infantil.
Coordenadora: Eliane Andrade - SBPMG 
 
10h30/11h00: intervalo
     
11h00/12h30:  Psicossomática: Outras Escutas 
Rubens Volich – Sedes Sapientiae .Uma pedra no meio do caminho. Interpretação e ato na clínica das desorganizações psicossomáticas 
Gley Silva de Pacheco Costa – SBPdePA. Ouvir o silêncio 
Coordenadora: Maria Luiza de Assis Moura Ghirardi – Sedes Sapientiae, SBPSP 
 
12h30/14h00: intervalo 
 
14h00/15h30: Do sensório-perceptivo ao psíquico
Eliana Rache – SBPSP, IPSO-Paris. Uma enigmática solução: somatose ou psicose?
Margaret Waddington Binder - SBRJ,IPSO-Paris. Cheiros, memórias, elaborações
Coordenadora: Josefa Maria Dias da Silva Fernandes – SBPSP 
 
15h30/16h00: Intervalo  
 
16h00/17h30: Clínica da excitação: somatização e destinos da pulsão. 
Diana Tabacof – Membro da Sociedade Psicanalítica de Paris (SPP) e didata  do Instituto de Psicossomática Pierre Marty (IPSO-Paris) 
Coordenadora: Cândida Sé Holovko, SBPSP,  IPSO-Paris. 
 
Encerramento: 17h30 
Cândida Sé Holovko/Eliana Rache – SBPSP, IPSO-Paris 

 

05/11 a 06/11
SEXTA DAS 16H00 às 18H00 SÁBADO DAS 9H00 às 18H00
ON-LINE
INSCREVA-SE